string(1) "1"

Blog Aval Engenharia

[Mini Curso Gratuito] Conceitos e Gerador Automático de Linha de Balanço

Publicado em: 15/01/2020

Conceito e princípios do Lean Construction

Nos últimos anos tivemos uma grande evolução na metodologia de planejamento e controle de obras da produção na construção civil. A adoção de práticas vindas da indústria com foco em agregar valor aos clientes e enxergar os desperdícios no fluxo de produção passaram a ser incorporadas no dia-a-dia de algumas construtoras. Contudo, algumas construtoras ainda têm dificuldades em implantar essa metodologia.

Desse modo, percebemos que ainda existem algumas barreiras que impedem a adoção efetiva desses princípios nos canteiros. Desse modo, nesse conteúdo, o nosso objetivo é aplicar esses princípios, conceitos e ferramentas da filosofia do Lean no planejamento da produção.

Como dito anteriormente, essas técnicas de agregação de valor máximo e redução do desperdício são princípios do Lean Construction. Com isso, essa prática é formado por 5 princípios básicos. Cujo o correto entendimento, é de fundamental importância para que consigamos aplicar, de forma efetiva, a ferramenta de planejamento e controle de produção que será apresentada mais adiante. 

1.Princípio do Valor

Esse princípio prega que o gestor deve enxergar o processo produtivo pela ótica do cliente. Ou seja, enxergar o que agrega valor, no processo e no produto, para o seu cliente final. Dessa forma, o gestor deve buscando visualizar e analisar aquilo que agrega valor e aquilo que não agrega valor ao cliente final.

Ainda mais, é muito importante revisitar esse conceito frequentemente. Pois, muitas empresas estão tão focadas na sua eficiência operacional que esquecem que as necessidades dos clientes mudam. Tornando-as pouco competitiva frente ao mercado da construção. No mercado imobiliário, por exemplo, o luxo era muito atrelado a ostentação de revestimentos pesados. Porém, nos dias de hoje, esse luxo está muito mais ligado a experiência e estilo de vida que o empreendimento pode proporcionar ao seu usuário;

2. Fluxo  do Valor:

Com esse princípio, torna-se possível a visualização das atividades necessárias para a conclusão do produto ou do processo produtivo. Dentro desse fluxo, iremos perceber claramente que existem dois tipo de atividades. As atividades que devem ser eliminadas, por representarem desperdícios ao processo produtivo. Assim como, as atividades que devem ser otimizadas, por não poderem ser eliminadas, como o transporte.

3. Fluxo contínuo

Esse princípio prega que devemos alinhar nossos processos produtivos em células de produção multidisciplinares. Além da produção de forma contínua, e em um ritmo de produção conforme a demanda do cliente. 

Desse modo, esse princípio faz o link com o quarto passo, o princípio da produção puxada pelo cliente final;

4. Produção Puxada:

O quarto princípio foca em produzir somente o necessário, quando necessário. Entretanto, na construção civil, a nossa demanda final é fixa, não é variável como na indústria. Ou seja, quando inicia-se uma obra, já sabe-se exatamente o que vai ser produzido, e a quantidade de produção necessária. Desse modo, acaba que o nosso ritmo de puxada é determinado pelo prazo da obra, necessidades do meu ciente, e pela minha metodologia construtiva.

5. Melhoria contínua

O quinto princípio, foca na melhoria contínua. Ou seja, a implementação do Lean deve fazer parte de um espiral constante de evolução na busca da perfeição. A grande motivação de todos os envolvidos está bastante relacionada a essa constante possibilidade de propor melhorias, implementá-las e aferir os resultados.

Desse modo, todas as etapas devem ser revisitada constantemente, de forma que tenhamos uma melhoria contínua o que chamamos de KAIZEN;

AGILEAN: Aplicativo de Gestão Integrada Lean

A plataforma onde é possível aplicar esses princípios e os métodos do Lean Construction nas obras é o: AGILEAN. O grande objetivo da plataforma, e o propósito da Aval Engenharia, é alavancar a produtividade de nossos clientes para acima da média do mercado brasileiro. Desse modo, para chegar nesse objetivo, a plataforma é composta por quatro pilares básicos. Esses pilares permitem incorporar o Lean na gestão de obras de forma simples e intuitiva, utilizando tecnologias vindas da indústria 4.0. 

Dessa maneira, os quatro pilares do AGILEAN são:

  1. PLANNER
  2. GESTÃO DE MÃO DE OBRA
  3. FERRAMENTA DE GESTÃO DA PRODUÇÃO 
  4. OS PRINCÍPIOS LEAN 

Para atingir todos esses temas, e suprir a demanda do mercado, o sistema é composto me três partes. Uma aplicação desktop; um aplicativo para tablets e smartphones; e as estações AGILEAN, que fazem a comunicação diretamente do campo para a plataforma de controle de obras.

A metodologia e ferramenta de planejamento que incorpora os princípios do Lean, e que é utilizamosda na plataforma Agilean, é a Linha de Balanço.

Linha de balanço: Conceitos e vantagens

Uma das principais vantagens da linha de balanço é que com essa técnica, torna-se possível enxergar facilmente, não só a nossa rede de predecessores, mas também o fluxo e logística de produção na obra. A grande diferença da técnica está na disposição das informações nos seus eixos, onde o eixo vertical nos mostra as unidades, lotes ou locais de produção. E o eixo horizontal mostra as datas do meu cronograma. Além disso, no gráfico plotado temos os nossos pacotes de trabalho com suas durações e equipes. Dessa forma fica muito fácil visualizar O QUE , QUEM, QUANDO e ONDE cada atividade será executada.

Com a linha de balanço é possível dimensionar um fluxo de produção. Nesse fluxo, temos uma continuidade na execução e no ritmo dos nossos pacotes de trabalho. Desse modo, a partir daí já percebemos um link direto da linha de balanço com os conceitos do LEAN, de enxergar o meu processo produtivo olhando para o meu fluxo de valor, não olhando somente para as atividades de conversão. E de produzir em fluxo contínuo, pois na linha uma quebra nessa continuidade da produção é facilmente visualizada pelo cruzamento das atividades em meu cronograma.

Linha de Balanço

 

Além do fluxo contínuo, também é possível, como o próprio nome diz, balancear a produção com a técnica. Essa falta de balanceamento pode ser enxergada pelas esperas, que são os intervalos de tempo entre atividades no mesmo lote de produção.

Outro ponto que deve ser analisado são as aberturas que representam quantos lotes de produção temos na fila entre dois pacotes de trabalho, além da falta de balanceamento essas duas análises nos levam a perceber qual o tamanho do nosso estoque em processo dentro da obra, outro ponto muito combatido pelo LEAN CONSTRUCTION. Muitas vezes essas esperas são necessárias como no caso de estruturas em concreto armado onde há necessidade de re-escoramento das lajes, ou até por uma estratégia de fluxo de produção onde são definidos estoques mínimos de proteção que devem ser feitos antes do avanço das equipes para o seu lote seguinte.

Conteúdo extra:

Resumindo pessoal, os objetivos desse método de elaboração do plano de produção é:

  1. Determinar um ritmo BALANCEADO de produção conforme demanda do cliente final, que no caso da construção civil é um fator muito ligado ao prazo da obra e ao método construtivo a ser adotado,  pois no início da obra a demanda a ser produzida já está definida (RITMO);
  2.  Enxergar os fluxos de produção dentro da minha obra e dimensionar as atividades de fluxo e de conversão de forma que tenhamos uma continuidade na produção(FLUXO), vejam que os ritmos das atividades irão definir os dimensionamentos dos meus estoques mínimos e o uso do sistema KANBAN no canteiro, as necessidades de centrais de argamassa os equipamentos de transportes verticais dentre outros pontos fundamentais para o fluxo da produção;
  3. Tirar proveito da produção repetitiva de forma que tenhamos um acréscimo em produtividade – Efeito aprendizado (PRODUTIVIDADE);

Quer assistir ao próximos 3 vídeos e baixar o gerador automático de Linha de Balanço gratuito? Basta clicar no botão para receber o conteúdo:

 

Confira também: 

[Workshop Gratuito] 4 passos para aumentar sua eficiência na gestão de obras

[Ebook Gratuito] Alavanque a produtividade no canteiro com Lean Thinking

Sabemos como potencializar seus resultados